Jorge Luis Borges, 26 vezes

[soundcloud]http://soundcloud.com/benthamite/sets/jorge-luis-borges-por-el-mismo[/soundcloud]

Hoje é dia de Jorge Luis Borges, que nasceu no dia 24 de agosto de 1899 — o que metade do planeta certa e felizmente já sabe pelo doodle do Google. Vira e mexe este blog volta a alguns assuntos e autores, o argentino entre eles, como (com alguma pretensão) um labirinto que conduz sempre aos mesmos lugares — o que, dito assim, não parece ser coisa ruim. Para quem se animar do mesmo modo, segue uma coleção de 26 textos lidos pelo próprio, postados no SoundCloud por Pablo Stafforini. A faixa 23 é altamente recomendada. Não à toa, já apareceu por aqui.

55 Comentários para: “Jorge Luis Borges, 26 vezes

  1. Pingback: Priscilla Scurupa
  2. Pingback: LePM Editores
  3. Pingback: nina scholl
  4. Pingback: Paula Moreira
  5. Pingback: Andrea Sanjad
  6. Pingback: dagoberto silva
  7. Pingback: Fabiana Reinholz
  8. Pingback: felipe de souza
  9. Pingback: Carla Loureiro
  10. Pingback: Set Palavras
  11. Pingback: Geovane Barone
  12. Pingback: Patricia Carvalho
  13. Pingback: Lúcia Lima
  14. Pingback: Edneide Almeida
  15. Pingback: Giane Severo
  16. Pingback: Brayan Carvalho
  17. Pingback: Kleber Brito
  18. Pingback: Kleber Brito
  19. Pingback: diego salem
  20. Pingback: Cambacica
  21. Pingback: Bê Neviani
  22. Pingback: Felippe Sammarco
  23. Pingback: Lara Lima
  24. Pingback: Seec
  25. Pingback: BCB Produções
  26. Pingback: Skoob
  27. Pingback: Carolina C.
  28. Pingback: Renata
  29. Pingback: Renata
  30. Pingback: Paulo Rená
  31. Pingback: naicosta
  32. Pingback: Rute Rávilla
  33. Pingback: VAGNER DE CASSIO
  34. Pingback: candeeirocafe
  35. Pingback: João Batista
  36. Pingback: João Batista
  37. Pingback: giselli m.
  38. Pingback: Vinicius Sanfelice
  39. Pingback: Alessandro
  40. Pingback: charles
  41. Pingback: Vinícius
  42. Pingback: Guilherme Paes
  43. Pingback: Lina Cavalcante
  44. Pingback: Uriane ♪
  45. Pingback: Vinicius Cortez
  46. Pingback: meuparedro
  47. Pingback: ingridd michelle,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *